• AERJ ASSOCIAÇÃO

Pesquisa da ABA mostra que 32% das empresas devem manter investimentos no Rádio no segundo semestre




A Associação Brasileira de Anunciantes (ABA) realizou uma pesquisa sobre "A resposta das marcas à pandemia de Covid-19". A iniciativa traça um panorama de como a pandemia do novo coronavírus tem impactado as estratégias de comunicação e mídia de empresas de diferentes segmentos. O levantamento, que foi realizado em conjunto com as demais Associações Nacionais de Anunciantes da América Latina filiadas à World Federation of Advertisers (WFA), mostra que 32% devem manter os investimentos planejados para o segundo semestre no Rádio.


Segundo informações da própria associação, foram coletadas informações de 100 empresas distribuídas em países como Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Guatemala, Paraguai, Peru e Uruguai. As organizações respondentes eram de diferentes setores de atuação, como alimentos e bebidas, cosméticos e higiene pessoal, produtos de cuidado com a casa, automóveis, eletrônicos, serviços de telecomunicação, seguros, entre outros.


"A participação da ABA neste estudo é mais uma iniciativa da Entidade em promover informações e ferramentas relevantes aos nossos associados, com o objetivo de desenvolver o mercado, os aprendizados e o compartilhamento de tendências", destaca Sandra Martinelli, Presidente Executiva da ABA.


Principais resultados


Em relação aos orçamentos gerais de mídia e marketing para o ano de 2020, em comparação com 2019, 33% acredita que sofrerá um impacto de 21 a 40% de queda em suas verbas, 7% não prevê alterações e apenas 2% acha que haverá crescimento de mais de 20%. Com o recorte do segundo semestre, em comparação com o que já havia sido planejado, 50% prevê quedas entre 11 e 40%.


Segundo o levantamento, 32% responderam que irão manter os investimentos que estavam planejados para o segundo semestre no meio Rádio. Outros 4% pretendem aumentar o investimento em até 20% do planejado inicialmente. Na TV aberta, por exemplo, apenas 15% pretende manter os investimentos no segundo semestre. Por outro lado, 64% deve diminuir os investimentos no meio. 


Ainda segundo a pesquisa, 59% dos respondentes acreditam que a crise acelerou a transformação digital da organização e 41% pensa que este momento é uma oportunidade para repensar tudo em termos de marketing. Além disso, metade deles acham essencial que as marcas não percam a visibilidade em momentos difíceis como esses.


Com informações Site Tudo Rádio

0 visualização

Av. Nilo Peçanha, nº 50 - 24º andar / sala 2413 – Centro – Rio de Janeiro  RJ  20020-100

Telefones: (21) 3852-3910 e 2220-1711

E-mails: secretaria@aerj.com.br e aerjsecretariaster@gmail.com

Whatsapp AERJ