• AERJ ASSOCIAÇÃO

Minicom suspende prazos processuais da SERAD e Anatel prorroga vigência de regulamento de FM e TV



Diversos atos que envolvem a radiodifusão foram publicados pelo Ministério das Comunicações e pela Anatel no Diário Oficial da União na semana passada. A Portaria 174/2020 suspendeu os prazos dos processos administrativos e de atendimento ao público em tramitação na SERAD. Já a Anatel prorrogou para o dia 3 de novembro, a vigência do Regulamento sobre Canalização e Uso de Radiofrequências para os Serviços de Radiodifusão e seus Ancilares.


Os prazos dos processos que tramitam na Secretaria de Radiodifusão (SERAD) do Ministério das Comunicações (Minicom) estão suspensos até 31 de agosto. "A portaria atende a mais um pedido da ABERT, já que a emissão dos inúmeros documentos necessários para instrução dos processos administrativos em curso na SERAD depende de serviços e atividades que estão suspensos", explica o diretor geral da ABERT, Cristiano Lobato Flores.


Já o período de renovação de outorga não foi alterado pela portaria e permanece o mesmo. O radiodifusor deve ingressar com o pedido em até um ano antes do prazo do fim da outorga, ainda que recaia durante o período de suspensão estabelecido pela portaria.


Anatel prorroga vigência do Regulamento sobre Canalização e Uso de Radiofrequências


Além da suspensão dos prazos dos processos da SERAD, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) também publicou um ato que prorroga, de 10 de agosto para 3 de novembro, a vigência do Regulamento sobre Canalização e Uso de Radiofrequências para os Serviços de Radiodifusão e seus Ancilares. As mudanças têm o objetivo de adequar o Sistema Mosaico da Anatel, que deve sofrer alterações em função dos novos regulamentos técnicos de FM e de TV.


Na prática, a prorrogação posterga os estudos da migração AM/FM e o aumento de potência e primarização de alguns canais de TV. Em 2019, a ABERT encomendou ao Centro de Pesquisas e Desenvolvimento (CPqD) estudos sobre interferência de rádios, que implicaram em alterações do regulamento técnico de FM.


O diretor geral da ABERT, Cristiano Lobato Flores, ressalta que "o novo regulamento trará grandes avanços para a análise técnica dos processos, pois além de dar celeridade aos procedimentos administrativos, está sendo atualizado de acordo com a evolução tecnológica dos serviços de radiodifusão". Flores complementa que "a efetividade do novo regulamento depende, realmente, de o Sistema Mosaico estar adaptado às novas regras".


Minicom nomeia novo secretário para a SERAD


A Secretaria de Radiodifusão (SERAD) do Ministério das Comunicações (Minicom) está com novo secretário. A SERAD publicou no Diário Oficial da União de quarta-feira (29), a nomeação do engenheiro Maximiliano Salvador Martinhão para o comando da pasta.


Max Martinhão substitui Wilson Wellish que, com o desmembramento do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e do Ministério das Comunicações, retornou para o Departamento de Inclusão Digital do Minicom no dia 16 de julho. Bacharel em Engenharia Elétrica, modalidade Eletrônica, Martinhão era assessor especial do ministro Marcos Pontes (MCTI) e já atuou como secretário de Telecomunicações e secretário de Políticas de Informática do antigo MCTIC. Foi ainda presidente da Telebrás. 


Em nota, a ABERT agradeceu ao secretário Wilson Wellish "pelo diálogo com o setor e pelas conquistas alcançadas pela radiodifusão durante sua gestão" e parabenizou o Minicom pela nomeação de Martinhão para a SERAD, "conhecedor do setor e das necessidades de avanços regulatórios e tecnológicos da radiodifusão brasileira".


Com informações da ABERT

7 visualizações

Av. Nilo Peçanha, nº 50 - 24º andar / sala 2413 – Centro – Rio de Janeiro  RJ  20020-100

Telefones: (21) 3852-3910 e 2220-1711

E-mails: secretaria@aerj.com.br e aerjsecretariaster@gmail.com

Whatsapp AERJ