• AERJ ASSOCIAÇÃO

Mesmo com audiência em alta, levantamento Kantar Ibope registra queda de investimento publicitário



O Kantar Ibope Media divulgou mais um estudo nesta segunda-feira (4) abordando a forma como diversos setores da economia estão reagindo diante da pandemia do coronavírus. Entre os setores pesquisados está o de publicidade, que registrou uma queda de 7,6% em março, se comparado com o mesmo período do ano passado. A retração no setor se dá no momento em que o próprio Kantar Ibope Media mostra um crescimento no consumo de mídia.  


Segundo os números divulgados nesta semana, o mês de março apresentou retração no investimento de publicidade em todos os meios pesquisados. O meio Rádio apresentou uma queda de 20,2% quando comparado março de 2020 e o mesmo mês no ano passado. No terceiro mês deste ano, as agências investiram cerca de R$ 247,7 milhões no meio, quando no ano passado, foi registrado R$ 299,2 milhões.


Outros meios também apresentaram quedas importantes no investimento publicitário. Um dos casos é o jornal impresso, que apresentou retração de cerca de 23%. A TV aberta sofreu uma perda de 4,4%, uma das menores entre os meios de comunicação pesquisados.


Queda no investimento se dá diante da melhora no consumo de mídia


Outro levantamento realizado pelo Kantar Ibope Media mostra que o consumo de mídia tem aumentado durante o período de isolamento social. Além disso, a pesquisa também destacou o hábito de ouvir Rádio nas principais regiões metropolitanas do país.


Com média de 71%, o índice regional de consumo de rádio durante o isolamento social é elevado nas 13 regiões metropolitanas pesquisadas, com parte dos entrevistados revelando que ampliaram o tempo destinado ao meio. Nas treze regiões metropolitanas pesquisadas, Fortaleza, Rio de Janeiro e Recife estão com maior índice de pessoas que pretendem manter ou aumentar o consumo de Rádio com 76%.

Na média, o consumo alcança 71%, sendo que o Distrito Federal registrou o menor índice, com 60%, mas ainda sendo um valor elevado. Belo Horizonte registrou 74% dos entrevistados afirmando que mantiveram ou elevaram o consumo de rádio durante o isolamento. Curitiba registrou 72% e Porto Alegre 71%. Campinas, Salvador e Goiânia com 70% para manter ou ampliar a audição de rádio. Vitória registrou 69%, São Paulo 67% e Florianópolis com 62%.


Com Informações Tudo Rádio

3 visualizações

Av. Nilo Peçanha, nº 50 - 24º andar / sala 2413 – Centro – Rio de Janeiro  RJ  20020-100

Telefones: (21) 3852-3910 e 2220-1711

E-mails: secretaria@aerj.com.br e aerjsecretariaster@gmail.com

Whatsapp AERJ