top of page
  • Foto do escritorAERJ ASSOCIAÇÃO

Grupo de rádios dos EUA reporta aumento de receita com estratégias de transformação digital

O grupo de rádios norte-americano Beasley Broadcast Group, um dos maiores dos Estados Unidos, anunciou seus resultados operacionais para os períodos de três e doze meses encerrados em 31 de dezembro de 2022. Eles relataram que sua receita líquida no quarto trimestre aumentou 1,8%, para US$ 72 milhões, refletindo principalmente um aumento ano a ano em receita digital e outras fontes de recursos, situação parcialmente compensada por uma ligeira queda na receita de áudio relacionada à suavidade no negócio da agência nacional. Os dados refletem uma mudança de dinâmica no grupo, que prevê movimentações positivas mesmo com um cenário futuro de incertezas econômicas. Acompanhe:


Beasley também relatou uma perda operacional de US$ 33,5 milhões no quarto trimestre de 2022, em comparação com a receita operacional de US$ 6,5 milhões no quarto trimestre de 2021, principalmente devido a US$ 44,2 milhões em perdas não monetárias e maiores despesas operacionais relacionadas ao digital, parcialmente compensadas pela menor despesa corporativa e de depreciação e amortização. Ou seja, a emissora ampliou a frente de investimentos em iniciativas digitais.


Comentando sobre os resultados financeiros, Caroline Beasley, CEO da empresa, disse em parte: “Os resultados financeiros do quarto trimestre de 2022 e do ano inteiro da Beasley refletem o sucesso contínuo de nossas estratégias de transformação digital e diversificação de receita, que impulsionaram ano após ano aumentos na receita e SOI para os períodos de três e doze meses."


Beasley acrescentou: "Ao longo do ano, a Beasley compensou amplamente os desafios contínuos relacionados à economia e à suavidade no mercado spot nacional, pois geramos um crescimento saudável em todas as nossas fontes de receita digital, de áudio local, política e outras, conforme refletido pelo 6.2% de aumento nas receitas líquidas do ano inteiro para US$ 256 milhões".


"Esse crescimento de primeira linha foi o principal fator que contribuiu para um aumento de 2,8% ano a ano no SOI do ano inteiro para US$ 43,1 milhões. Embora a incerteza econômica permaneça, Beasley iniciou várias ações em todo o ano que acreditamos fortalecerá a posição de longo prazo do nosso negócio.", completa a executiva do grupo norte-americano".


Além do Beasley Broadcast Group, outros grandes grupos de rádio dos Estados Unidos também têm destacado desde 2021 o crescimento do digital em suas estratégias de monetização. Empresas como iHeartMedia, Audacy e Cumulus relataram aumento de receita em iniciativas digitais nos últimos anos, sinalizando que a indústria de rádio está cada vez mais buscando se adaptar à oferta digital para consumo de mídia e oferecer soluções multiplataforma aos anunciantes.


E por qual razão olhar para lá fora?


O tudoradio.com costuma observar esses pontos de curiosidade dos números do rádio internacional para mapear possíveis mudanças de hábitos e a manutenção do consumo de rádio em diferentes países. Assim como ocorreu no ano anterior, periodicamente a redação do portal irá monitorar o desempenho do rádio nos principais mercados do mundo e, é claro, fazendo sempre uma comparação com a situação brasileira. E, como de costume, repercutindo também qualquer número confiável sobre o consumo de rádio no Brasil.


Fachada de uma das sedes da Beasley Broadcast Group, em Augusta (Geórgia/EUA) / crédito: depositphotos.com


Com informações de Jockline Daily. Com a colaboração de Henrique do Valle


Todos os direitos são reservados ao Portal tudoradio.com, conforme a lei nº 9.610/98. A publicação, redistribuição, transmissão e reescrita são permitidas, desde que contenham os devidos créditos ao Portal tudoradio.com.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Whatsapp AERJ
bottom of page