• AERJ ASSOCIAÇÃO

Análise: Eleições reafirmam a força do rádio e seu papel local. Meio cresce nos canais digitais

Como era de se esperar, o primeiro turno das eleições municipais atraiu um grande interesse do público na cobertura realizada pelos veículos de comunicação. E o rádio teve um papel de destaque neste domingo (15). A procura na internet pelas coberturas ao vivo realizadas pelas estações foi recorde, onda constatada em praticamente todas as regiões do país. Para se ter uma ideia, o tudoradio.com registrou volumes de audiência que superam em 10 vezes o pico tradicional verificado em dias de semana. Acompanhe:


Em seu diretório de rádios ao vivo, o tudoradio.com constatou um avanço acima do normal em acessos já nas primeiras horas do dia, quando o processo de votação foi iniciado (as 07h00). Mas os volumes de acessos foram ampliados de forma mais significativa a partir das 16h00 (horário de Brasília), com o pico 10 vezes superior ao maior volume de acessos do portal sendo mantido entre 17h00 e 20h00. A normalização do tráfego de acessos foi percebida apenas as 0h30, já na segunda-feira (16).


Nesses acessos estavam pessoas interessadas na cobertura sobre a apuração eleitoral local, assim como os comentários feitos pelas equipes das emissoras. Afinal, são vários os portais de internet que disponibilizam a contagem de votos em tempo real no on-line. Mesmo com essa facilidade, o rádio foi buscado.


Segundo o Google Trends, que mostra a tendencia e o comportamento de usuários em buscas no próprio Google, a pesquisa por palavras relacionadas ao meio aumentaram de forma significativa. A busca contendo a palavra Rádio avançou 525% nos últimos 7 dias, com pico neste domingo.


E a onda de acessos não foi exclusividade de uma determinada rádio ou aconteceu em poucas regiões. Foi em praticamente todo o país. Foram constatados fluxos de acessos significativos em todos os estados, beneficiando muitas emissoras de cidades médias e pequenas.



Internet é uma realidade. E o rádio está nela


O movimento visto ontem nos canais digitais mostram que a internet é algo que já faz parte do cotidiano da população, independente da localidade. E o rádio já está inserido nesse contexto, independente da qualidade do trabalho feito por determinada emissora. O público usou os canais digitais para acessar a sua rádio preferida.


Esse cenário colabora que o avanço tecnológico deve ser considerado por qualquer emissora e trata-se de uma oportunidade de manter a relevância do meio. E essa onda virtual não significa uma procura menor do rádio AM e FM via ondas terrestres, como provavelmente os institutos que aferem a audiência do rádio devem constatar.


A importância local do rádio


Esse foi outro ponto reforçado neste domingo (15). Ele não diz respeito se uma emissora possuí uma bandeira local ou de rede, mas sim o que a estação oferece quando há um tema de grande interesse de sua localidade. E as eleições mostram isso: na onda virtual foram beneficiadas rádios de diferentes formatos e bandeiras, mas que se dedicaram a prestar alguma informação sobre a corrida eleitoral local.


Claro que a cobertura de grandes redes e de estações em centros maiores, destacadas nesta redação durante a semana passada, também foram relevantes, expondo números expressivos em suas transmissões multiplataformas.


De qualquer forma, os números coletados por diferentes plataformas e emissoras neste domingo reforçaram, de novo, a relevância do rádio para a população e como o meio já está integrado à internet.


Vale lembrar que os dados de acessos ainda serão consolidados e podem sofrer atualizações. E eles não representam todo o volume de acessos que uma rádio pode ter, pois ela conta também com seu portal, aplicativos, redes sociais e outros diretórios agregadores/indexadores.


Com informações Site Tudo Rádio

9 visualizações

Av. Nilo Peçanha, nº 50 - 24º andar / sala 2413 – Centro – Rio de Janeiro  RJ  20020-100

Telefones: (21)  2220 - 1711  /  3852 - 3910

E-mails: secretaria@aerj.com.br e aerjsecretariaster@gmail.com

Whatsapp AERJ