• AERJ ASSOCIAÇÃO

68% da população dos Estados Unidos conta com pelo menos um receptor de rádio em casa



O portal norte-americano Inside Radio repercutiu nesta semana sobre a prévia de um estudo realizado pela Edison Research em parceria com a Triton Digital. Nele, o resultado preliminar aponta que 68% da população dos Estados Unidos contava com pelo menos um receptor de rádio FM/AM em casa. Apesar do número ser elevado, há uma tendência de diminuição da presença desses aparelhos nas residências e um avanço na aquisição das caixas de som com inteligência artificial (as smart-speakers).


Aparentemente os números apresentam uma situação preocupante para o futuro do rádio, já que o principal dispositivo para acesso ao seu conteúdo está perdendo alcance nas residências. Por exemplo: 79% afirmavam ter pelo menos um rádio em casa em 2016, contra 90% em 2012 e 96% em 2008. Hoje, conforme antecipado no parágrafo anterior, hoje são 68%.


Substituição de dispositivo de rádio


O setor de rádio não parece estar tão preocupado quanto a mudança de cenário do receptor. A redação do tudoradio.com esteve em conversa com gestores de rádio nos Estados Unidos durante o NAB Show 2019, em visitas técnicas feitas às rádios de Las Vegas. Segundo esses profissionais, as smart-speakers são encaradas como o “novo rádio relógio” do norte-americano, resolvendo um possível problema de audiência do rádio nas residências.


Essa teoria é replicada pela análise feita pelo portal Inside Radio, este que antecipou que o estudo completo Infinite Dial da Edison Research (previsto para o próximo dia 19) deve detalhar esse movimento de avanço das smart-speakers no consumo do conteúdo de rádio.


De fato, as caixas de som inteligentes viraram um aliado digital do meio rádio. O principal uso desses dispositivos para acesso à mídia de áudio está relacionado ao rádio. Nos Estados Unidos, 28% ativam suas smart-speakers para ouvir música em uma estação FM/AM (mas a conexão ocorre via streaming), volume próximo de outras tarefas básicas executadas pelas caixas (como dizer que horas são ou como está o tempo). 15% acionam as smarts para ouvir notícia em rádios.

Outro ponto, que contribui para a manutenção do alcance do conteúdo ao vivo de rádio, é a forte presença dos receptores FM/AM em veículos nos Estados Unidos. E um estudo divulgado em 2019 (pesquisa Techsurvey 2019), apontou uma estabilidade na presença geral desses aparelhos.


A busca das estações de rádio em ambiente digital ainda está atrelada a presença desses projetos nos dials FM e AM.

Segundo o último dado da Nielsen, o rádio conta com um alcance semanal de 92% nos Estados Unidos, liderando entre todas as plataformas.



Os números que foram antecipados pela Edison Research


Hoje, 10% dos residentes nos Estados Unidos declaram possuir quatro ou mais receptores FM/AM em suas residências. Porém, 32% afirmam não possuir mais esse aparelho em casa, apontando uma possível chegada de novos dispositivos nesses ambientes.


Com Informações Site Tudo Rádio

5 visualizações

Av. Nilo Peçanha, nº 50 - 24º andar / sala 2413 – Centro – Rio de Janeiro  RJ  20020-100

Telefones: (21) 3852-3910 e 2220-1711

E-mails: secretaria@aerj.com.br e aerjsecretariaster@gmail.com

Whatsapp AERJ